LilySlim Weight loss tickers

76 kg falta apenas 1 kg
Q minhas asas alcancem meus sonhos

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Que venha 2012

Gente do céu... ando tão cansada (cabeça e corpo) agora só falta o retorno c o vascular (espero q não de nada no meu doppler) e voltar na minha gastro, só da gastroplastia foram 23 consultas/exames, só dois em São Paulo (carona), fui em todos sozinha (alguem tem q trabalhar nessa casa), andar 20 min c Sol de rachar o coco (chuva tbm), essa ladeira q acaba comigo, ônibus lotado, chá de cadeira nos consultórios, tive pelo menos  problema c 8 consultas/exames, q precisei  remarcar ou refazer, fora o dentista e a ginecologista q estava precisando. Juntou a correria de fim de ano, tive q ajudar minha filha a estudar q tinha ficado de recuperação, mês q vem é casamento do meu irmão (correria c roupa) a Saah será daminha. Quando fico em casa não sei se descanço ou arrumo a casa ( q está abandonada) preciso encarar uma faxina ( ai q desânimo). 
Não foi fácil, agora olho p trás e não sei como dei conta... estou só o pó da rabióla, essa etápa foi vencida, agora q venha 2012 q venha a cirurgia e uma nova etápa.

QUE NESTE ANO NOVO TENHAMOS MUITOS MOTIVOS PARA SORRIR, QUE REALIZEMOS NOSSOS SONHOS E QUE CONSIGAMOS ATINGIR NOSSAS METAS

UM FELIZ 2012
UM ANO DE ESPERANÇAS E TRANSFORMAÇÕES 




sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Nóis aki traveiz

Consegui o laudo da psicóloga, praticamente uma carta.
Segunda tenho doppler e dia 4 volto no vascular p pegar o último laudo, levo tudo na gastro dia 10

DESEJO UM FELIZ NATAL A TODAS MINHAS AMIGAS

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mais um...

EUZINHA C 10 KG A MENOS - ABRIL 2010


Peguei o laudo da endocrinologista, falei q ela tinha me indicado a cirurgia a dois anos a tras, mas não fiz pq estava c medo, e agora estava fazendo os exames p cirurgia, levei meus exames p ela olhar, tenho duas comorbidades, colesterol muito alto e esteatose, mais imc 42. Ela fez a curva d quatro anos, mas no laudo consta liberação mediante laudos do cardiologista e psicólogo. Cardiologista já tenho, psicólogo acho q pego na quinta... Ah amanhã tenho consulta c o cirurgião vascular, marquei no hosp. c esperança de q, se ele pedir um exame, eu faça lá mesmo, mas não sei se vai rolar. Depois eu conto como foi.

Esse médico é meio atrapalhado, estou tentando passar c ele desde outubro, já remarcou duas vezes a minha consulta, hj ele chegou c uma hora e meia de atraso, até q não demorou muito p me atender (pq teve quatro pessoas q desistiu) ele mandou eu fazer um dopller amanhã e voltar semana q vem... massssss só consegui marcar o exame p segunda, e depois de muito chorar consegui um encaixe dia 4, o cara me manda voltar semana  q vem sendo q está c a agenda lotada...vai entender (povo doido). Já disse q vai me receitar clexane p depois da cirurgia, e terei q passar um creme, pomada sei lá p massagear as pernas inclusive no dia da cirurgia.

FELIZ NATAL





TRIBUTO AOS AMIGOS VIRTUAIS

Por uma tela, os conheci...
Aprendi a amar, a rir ...e a chorar.
Aprendi a acreditar, pois deles só posso
"ver" os sentimentos.
Aprendi a gostar sem saber a cor,
o credo, classe social ou algo mais,
coisas típicas de nossa sociedade material.
Doei...um pouco de mim, um pouco
de tempo e até de trabalho também
Mas, recebi muito mais!
Recebi calor humano, carinho e
amor de pessoas
que talvez, sem o computador,
nem imaginasse existir.
Por força do hábito, os chamo
de amigos virtuais.
Virtuais? Que nada!
São tão reais quanto eu...
Ah!...quem dera o mundo aprendesse
essa lição, aprender a gostar sem julgar,
sem buscar fatores externos ao amor
e à compreensão.
Obrigado por você existir!
Obrigado por ser simplesmente quem vc é!

(Autor: Desconhecido)


☆ ..✫..Xanele..☆ ..✫

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Eu ri


Ontem passei c o ginecologista (menino), era só p ver o meu exame, eu estou c uma inflamação q até prejudicou o exame, ele queria q eu fizesse um ultrassom, mas é claro q não ia fazer c ele, vou marcar no delboni. Conversa vai conversa vem... falei q ia fazer a cirurgia bariátrica, ele olhou e falou tem certeza q vc precisaaaaa, falei q sim e ele perguntou o meu peso e a altura p calcular e nisso disse q eu tinha imc p cirurgia, falei 42 e logo em seguida apareceu o resultado da conta dele, ele deu uma olhada no monitor... nossaaaaaaaa tem mesmo, mas não parece q vc precisa d cirurgia, vc engana bem, mas qdo vc levantar vou reparar, conversamos mais um pouco e levantei p ir embora, já estava na porta qdo ele disse É REALMENTE vc não parece precisar de cirurgia kkkkkkkkkkkk ele ainda brincou é o preto q emagresse né, dei risada... ah detalhe o cara deve ter dois metro de altura... ai q medo rsrs, ele deveria ter uns 38 anos e até q era bonitão. Contei p o meu marido, p sogra e p cunhada e eu dava risada, o meu marido só me olhando torto, eu disse p ele q pior seria se eu fizesse o exame c ele kkkkkkkkkkk o bicho ficou doido

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Nossa


Gente do céu, hj respondi um questionário c 140 perguntas na psicóloga. Semana q vem terei o resultado de tudo isso, espero q saia de lá c o laudo na mão.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Falta pouco


Minha psicóloga quer mais duas consultas, até dia 22 estarei c o laudo na mão. Quinta farei o meu ultra som, semana q vem o meu exame de selenio e de zinco esterão prontos, tenho q marcar retorno c a gastro, p o começo de janeiro, mas acho q terei q tratar primeiro a minha gastrite. Ah dia 20 e 21 tenho endócrino e cir vascular, agora falta pouco.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Perguntas sobre bariátrica


01. Qualquer obeso pode se submeter à uma cirurgia bariátrica?
Não, somente aqueles com Obesidade Mórbida e IMC acima de 40. Para obesos com IMC acima de 35, cirurgias são indicadas, caso haja alguma comorbidade (diabetes, hipertensial arterial, etc).

02. O que são co-morbidades?
Co-morbidades são outros distúrbios associados a uma doença. No caso da Obesidade Mórbida, são consideradas co-morbidades a Diabetes, Pressão Alta, Problemas de Coluna ou Joelho, Esteatose Hepática (Gordura no Fígado), Apnéia do Sono ou aos Esforços Físicos, entre outros.


03. Como saber qual a cirurgia mais indicada para o meu caso?
O melhor é pesquisar bastante, conversar com outras pessoas já operadas e, principalmente, assistir uma Palestra para Não Operados, onde todos os procedimentos são explicados, as dúvidas esclarecidas e a Equipe Médica apresentada. A consulta com o cirurgião é fundamental, para que ele possa fazer uma avaliação completa e indicar o procedimento mais adequado.
Se você for de Campinas ou região, o grupo ICTO oferece essas palestra.

04. Quanto tempo dura a cirurgia e quantos dias preciso ficar no Hospital?
A cirurgia dura cerca de 2h30 em média. Mas pode variar de 1h à 5h, dependendo da dificuldade encontrada pelos cirurgiões. A internação para cirurgia aberta é normalmente de 3 dias, contados à partir do 1° dia após a cirurgia. Para videolaparoscopias, a alta poderá ocorrer em 2 dias.

05. Qual é a diferença entre a cirurgia “aberta” e a por “vídeo”?
O procedimento interno é o mesmo em ambos os casos. Na cirurgia aberta, o corte tem entre 08 e 18 cms, acima do umbigo. Por vídeo, são 6 pequenas incisões com cerca de 2 cms cada e a recuperação é mais rápida.

06. Após a cirurgia, preciso ficar na UTI?
Será necessária a permanência na UTI caso haja alguma complicação ou dificuldade respiratória durante a cirurgia. Caso contrário, o operado fica na sala de recuperação até despertar completamente. 

07. Além do cirurgião, preciso me consultar com outros médicos e fazer exames?
Com certeza. É bom estar preparado para uma verdadeira “maratona médica”. No meu caso, precisei de muitas consultas e muuuuitos exames. Se ver nas postagens antigas, dos pré operatórios da até pra cansar de tantas consultas e exames.

08. Você, Raquel Marini, fez a cirurgia por qual convênio? Teve algum gasto extra?
Fiz pela Unimed e meu plano cobriu todas as consultas, exames, internação e equipe médica. 
Só pago a parte a Nutricionista e a Psicologa

09. O que é Síndrome de Dumping?
A Síndrome de Dumping é uma resposta fisiológica devida à presença de grandes quantidades de alimentos sólidos ou líquidos na porção proximal do intestino delgado. A causa dessa síndrome é o rápido esvaziamento gástrico, que pode refletir em liberação inapropriada de hormônios intestinais, que propiciam os sintomas gastrointestinais, como plenitude e distensão gástrica, dor abdominal, diarréia, sudorese, taquicardia, dentre outros. Esses sintomas podem aparecer rapidamente, dentro de 10 a 30 minutos após a refeição (precoce), ou cerca de duas a três horas depois (tardio). O rápido esvaziamento gástrico leva a maior oferta de carboidratos ao intestino delgado proximal, pois a glicose (forma simples do carboidrato) é rapidamente absorvida. Eu tenho em alguns casos de ingestão de arroz e feijão, mas, como normalmente acontece com as pessoas quando ingerem doces em geral eu nunca tive.

10. Como fica o funcionamento do intestino após a cirurgia?
Durante a Dieta Líquida, meu intestino funcionava em média a cada 3 dias, pois não havia muita coisa para eliminar… Após me alimentar normalmente, o intestino passou a funcionar diariamente ou a cada 2 dias. Para mim, está bom assim, pois sempre tive tendência à intestino preso. 

11. Após a cirurgia, as fezes ficam com odor exagerado?
Na técnica que eu utilizei, "cirurgia mista"!, não. Em outras técnicas, que diminuem muito o tamanho do intestino delgado, isso pode ocorrer sim. Mas, seguindo a orientação nutricional e tomando os medicamentos adequados, é possível controlar esse odor exagerado.

12. Depois da Cirurgia é normal adquirir pedras na vesícula?
Não existe relação entre a Gastroplastia propriamente dita e o surgimento de pedras na vesícula. Essas pedras (ou cálculos) tendem a se formar em pessoas muito obesas ou após um emagrecimento muito rápido. Então, nós, que fomos obesos mórbidos e, após a cirurgia, emagrecemos rapidamente, temos uma grande propensão para desenvolver as pedras na vesícula.

13. Qual é a diferença entre Diet e Light?
Existe muita confusão entre produtos Diet e Light. DIET é um produto destinado a um fim especial, pois ele restringe totalmente o ingrediente ou nutriente destinado ao fim específico em sua fórmula. Os Diets foram elaborados principalmente para atender às pessoas com restrições nutricionais, como diabéticos, por exemplo.
O produto LIGTH é aquele que sofreu redução de, no mínimo, 25% em um de seus ingredientes, como gorduras, açúcares, colesterol, etc. Os Lights estão mais voltados para quem quer diminuir a ingestão de calorias ou o consumo de gordura.

14. Como evitar a queda de cabelos após a cirurgia?
É normal e esperado ter queda de cabelos à partir do 3º ou 4º mês, mas não é permamente. O rápido emagrecimento, independente da cirurgia, reflete queda de cabelo. Outro motivo, é que o nosso organismo tenta economizar e retira dos cabelos e unhas os nutrientes. A baixa ingestão de proteína animal pode acentuar essa queda.
É recomendada a ingestão diária de vitaminas, que entre outros componentes, deve conter Zinco e/ou Ômega 3. Existem também o Pill Food, um complexo de vitaminas e aminoácidos essenciais, que muitos Gastroplastizados estão utilizando, mas apenas o médico deve receitar esses suplementos.
Meu cabelo continua com quedas, porem, não exageradamente.

15. Problemas tardios com o anel de silicone.
Assunto muito comentado na internet atualmente. Sim, o anel pode ocasionar algum problema, como migrar para dentro do estômago, sendo necessária uma endoscopia para retirá-lo. Ou deslocar para o início do intestino, havendo ou não necessidade de reoperar para retirá-lo. O risco do anel causar problemas é de 1,5%, isso significa que para cada 200 pacientes operados, apenas 3 terão algum problema. O índice é muito baixo, para que não se coloque o anel, apenas por medo de ter problemas tardios. Quando ocorre algum problema com o anel, a pessoa é reoperada e novo anel é colocado, nesse caso, existe uma maior probabilidade do problema se repetir.


16. Quais os riscos da cirurgia da obesidade?
O risco de vida é o mesmo de qualquer cirurgia de grande porte (menor que 0,5%, isto é, aproximadamente, 1 morte a cada 200 cirurgias), mas existe e deve ser considerado. Por vezes a mortalidade é precedida de novas cirurgias, longos períodos em UTI (unidade de terapia intensiva), com sofrimento e pesar para todos.
Portanto a cirurgia para tratamento da obesidade mórbida, deve ser bem avaliada pelo paciente e familiares, que devem estar ciente do risco de mortalidade.
As principais causas de mortalidade são:
Deiscência, que é a abertura de um ponto nas anastomoses (emendas entre o estomago e alças intestinais, ou intestino com intestino), levando a saída de liquido para a cavidade abdominal, causando peritonite e septicemia (infecção generalizada). Isto pode levar o paciente a nova cirurgia, para reparar esta abertura, e mesmo assim causar a morte.
Embolia pulmonar (sangue nos pulmões) que é o “entupimento” de de uma ou várias artérias que irrigam o pulmão, e algumas vezes pode levar o paciente a morte por insuficiência respiratória.
Outras causas, bem menos comuns como: insuficiência respiratória, infarto, insuficiência renal, também podem levar o paciente a morte.
17. É importante o acompanhamento psicológico depois da cirurgia?
Resp: É muito importante sim, pois, seu psicológico é muito afetado com as mudanças causadas pela "cirurgia". Porem, também conheço pessoas que nunca foram e estão bem.


18. Precisa fazer caminhadas? E academia pode fazer?Resp: Nos 03 primeiros meses fiz firme minhas caminhadas. Depois de 90 dias liberou a academia, aí fiz 02 meses e neste momento não estou fazendo atividade física nenhuma (Só que ja levei uma "comida de rabo" da nutricionista)

19. É preciso tomar vitaminas para sempre?
Resp: Depende de cada pessoa. Não da pra saber. No meu caso por exemplo tudo vai depender de resultados periódicos de exames.
Como minha alimentação é em quantidade muito baixa, tenho que dosar muito bem para compensar todos os nutrientes e vitaminas que o corpo precisa. Aí a Nutricionista vai dosando também a necessidade ou não de vitaminas.

20. Pode-se comer de tudo?
Resp: Sim, pode-se comer tudo, com as devidas proporções. Durante a fase de emagrecimento, a dieta deve ser mais controlada. Na fase de manutenção de peso, tem alimentação balanceada. Aí vai  de cada pessoa seguir a risca ou não.

21. É possível engordar depois da cirurgia?
Resp: Sim, perfeitamente possível. A cirurgia não faz milagre, nem muda nosso metabolismo. Trata-se de uma poderosa ferramenta, que nos auxilia a emagrecer, pois não cabe muita comida de uma vez. Mas, se não houver controle alimentar, qualquer operado pode engordar após algum tempo. É impossível comer tudo desregradamente e permanecer magro. Aliás, essa é uma equação simples: para não engordar, é necessário gastar mais calorias do que as ingeridas.

22. O Paladar altera após a cirurgia?
Resp: O meu paladar mudou muito. Passei a gostar de coisas que eu não gostava antes. Como por exemplo folhas e legumes.

23. Depois de operada nunca mais vou sentir fome?
Resp: Eu sinto. Se eu passo do periodo de 4 horas sem comer, eu sinto fome, porém,a quantidade de alimento que vai me saciar é pequena.

24. Os operados perdem o prazer de comer?
Resp: Nem todos. Eu não perdí. Pelo contrario, sinto-me com muito prazer de comer o que eu gosto e me limitar com tão pouco.

25. Você teve medo de morrer na cirurgia ou de ter alguma compicação séria após a cirurgia?
Resp: Não, nunca tive medo de morrer na cirurgia. Aliás, a única coisa que se passava pela minha cabeça era ficar magra e linda, e mais nada.

26. Em algum momento você se arrependeu de ter operado?
Resp: Nunca, nem por 1 segundo. Porém, conheço pessoas que por alguns momentos no díficil começo pensaram em arrependimento.

27. Seu casamento mudou, depois que você emagreceu?
Resp: Meu casamento já era ótimo e melhorou sim. Como minha auto estima melhorou muito, meu marido começou a perceber e de certa forma, talvéz inconscientemente da parte dele passou a me valorizar mais também

28. Após operar não pode mais beber nada alcoólico? E refrigerante?
Resp: Pode sim, porém em pesquisar ja foram constatados que cerveja é um dos fatores que mais faz as pessoas voltarem a engordar. Então, quem gosta de bebidas alcoólicas, tem que saber dosar muito bem. 
Quanto ao refrigerante, eu recebí orientação da Nutricionista de ficar 03 meses sem, depois pode, mas devagar. O gas do refrigerante me causa indigestão, então só tomo muito de vez em quando pra matar a vontade.

29. Pode comer bebendo líquido?
Resp: Eu não costumo tomar liquido junto com as refeições porque se eu tomar meu estomago enche muito mais rápido, e como a quantidade de alimento que como é bem reduzida, se eu conseguir comer só metade não vou estar absorvendo o mínimo de nutrientes que o corpo precisa.


30. Existe mesmo a troca de compulsão?
Resp: Existe sim, em muitos casos, porém, não em todos os casos. A Psicologa sempre me orientou muito sobre isso. Eu tinha compulsão alimentar, porém, até agora não achei uma compulsão da qual eu fiz a troca. Acho que não fiquei com nenhuma. As trocas podem ser feita por inúmeros tipos de compulsão, como, por cerveja, jogos, compras, arrumação...


quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Minha psicóloga


Na minha primeira consulta falamos sobre mim e a cirurgia, hj respondi um questionário p saber como está o meu humor e outro sobre a terapia. Depois fiz uns desenhos q parecia de prézinho kkk, semana q vem ela me dá o resultado dessa tarefa.

GENTE ANDO SÓ O PÓ DA RABIÓLA
cheguei em casa quebrada, c dor nos pés e nas costas.
O cansaço é grande mas a boa vontade tbm, aproveitei e passei no laboratório p fazer o exame d sangue, aquele q ficou faltando, d zinco.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

É cada uma viu


Hj a noite recebi uma ligação do Delboni, meu marido já tirou uma c a minha cara, ( q era p desmarcar novamento o meu ultrasom) rsrs já foi remarcado duas vezes, na hora tbm achei q fosse isso, mas não, p minha surpresa ela ligou p avisar e o sangue colhido não foi suficiente p fazer o exame de zinco, peguei o resulta anteontem e o de selenio fica pronto só dia 12, c aquele monte d exame de sangue q foi feito,  nunca q eu íria perceber q faltava um, ainda bem q eles ligaram... amanhã vai a Alexandra fazer exame de sangue pela terceira vez, vcs lembram q na primeira o sangue não desceu e fui picada 5x naquele dia. não preciso estar de jejum (achei estranho) a minha psicologa é pertinho do laboratório, vou amanhã de tarde. Ah segunada-feira peguei o laudo da pneumologista...hehehe

MENINAS OBRIGADA PELOS SELINHOS, ESTÃO TODOS NA LATERAL

Obesidade - Ser Saudável (23/112011)




O blog da Stela
http://stelacc.blogspot.com/

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Borboletas - Luciana Mello

Em busca de mais um laudo


Hj a tarde tenho consulta c a pneumologista, vou levar os exames p ela e pegar o laudo.
Minha endoscopía deu gastrite crônica, meu exame de sangue o colesterol está alto, e acho eu q deu uma alteração no fígado, deve ser a gordura no fígado q eu já tinha sei lá, vamos esperar o ultrasom, e o q médica vai falar.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Psicóloga


Gostei dessa psicóloga, apesar do desencontro de segunda-feira, agora torcer p tudo dar certo, quero uma p continuar no pós operatório.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Só acontece comigo...

Eu mereço viu... caramba hj foi uma correria, minha filhota teve consulta de manhã c o oftlamo, chegamos em casa em cima da hora, ela quase perdeu o dia de escola, fomos de carona c o Le e voltamos de onibus. Depois peguei o onibus d novo p ir na minha consulta c a psicóloga, já estava cansada mas fui de baixo desse Solzão, já contei q o ponto fica longe e tenho uma pedra no meu caminho ...ops uma ladeira kkk. Chegando lá a recepcionista veio me falar q estava tentando me ligar, pq a psicóloga passou mau (vontade instantânea de dar uns petelécos naquela menina). Fui pegar o buzão de volta p casa, mas andei até a estação de osasco, pq se eu pegasse em frente ao Sino Brasileiro iria pegar ele lotado... aff não adiantou nada ele ja chegou cheio, e fui em pé c aquele calor já morrendo de sede, estava quase desmaiando só sentei pertinho de casa, estou c muita dor nas pernas e pés, e a minha cabeça estava estourando, pelo menos a dor de cabeça passou rápido.
TO P... DA VIDA
Agora fiquei c muito mais vontade, de esganar aquela mulher.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Isso já perdeu a graça



DE NOVO o Cir. Vascular mudou minha consulta, agora p o dia 21/12 QUEM APOSTA COMIGO q na semana do Natal ele vai sair se férias e remarcar pela terceira vez. O jeito é procurar outro.
Já troquei de psicóloga, vou conhecer a nova na segunda-feira.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Borboleta


A alma é uma borboleta...
há um instante em que uma voz nos diz
que chegou o momento de uma grande metamorfose..."
.
(Arnalda Rabelo)

sábado, 12 de novembro de 2011

Chuva causa transtorno na véspera de feriado em SP - 11/11/11



A previsão é de mais chuva na segunada-feira

Até parece novela


Gente se eu contar ninguem acredita... hj acordei cedo p fazer o ultra som e o hemograma, até tomei um banho bem quente p ajudar o sangue fluir. Estava me secando do banho qdo o tel tocou, era do laboratório desmarcando novamente o ultra som :(
Ontem caiu o mundo em Osasco, a chuva foi feia, sai d casa era 16:00 hs rumo a Av Paulista, desisti d ir de carro, paramos na estação e pegamos o trem e o metrô, nisso minha filha ligou avó q iria pegar ela, pois não voltaria d perua já q eu não estaria em casa, era p avó pegar mais cedo no colégio. A escola dela estava alagando, fica no centro de Osasco e lá estava tudo alagado... Isso acabou afetando o laboratório tbm, esta sem sistema desde ontem a tarde. Foi remarcada p o dia 31/11 as 07:10


PIOR SÓ LEMBREI AGORA Q NESSE DIA MINHA FILHA TEM PROVA... CACILDAAAAAAAAA
Definitivamente é p testa a minha paciência :p

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Nutricionista


Adorei a Nutricionista, pior já fui pensando em trocar pq é longe (Paraíso), mas gostei dela e terei q fazer uma forcinha p continuar c ela (Karine Ganep), fiz o exame de bioimpedancia e ela me deu o laudo.

Minha psicóloga




Aiii como eu não tenho saco pra isso. Sem dizer que, não fui muito c a cara dela, gente não vi a cor do dente dessa mulher, mas nem dá tempo d trocar, terei q ficar c ela p pegar o laudo, depois eu troco. Ela veio c um papo q normalmente leva uns três mesês d consulta...aff. Falei q estava fazendo os exames e pegando alguns laudos, ela falou q então temos q correr pq irei operar logo. Disse p ela q será entre dezembro e janeiro, espero q de certo.
Hj tenho nutricionista no Ganep  amanhã ultra som e tentar fazer o exame de sangue, SANGUINHO MEU ... DESCE VAI, COLABORA COMIGO.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Paciente que fez cirurgia de obesidade terá carteirinha

A SBCBM (Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica) lançou na quarta-feira, no 13º Congresso da entidade, em Gramado (RS), a carteirinha do paciente bariátrico, para quem passou por uma redução de estômago.


A iniciativa é inédita no mundo, segundo o presidente da entidade, Ricardo Cohen, e foi inspirada nos documentos dados a pacientes submetidos a cirurgia cardíaca e colocação de marcapasso



O objetivo é oferecer mais segurança às pessoas que passaram por cirurgia de obesidade quando forem atendidas por outros médicos, principalmente em emergências.


"A carteirinha é um guia para que os não especialistas possam tratar os pacientes mais adequadamente", afirma Cohen.

O número de pacientes que fizeram cirurgia bariátrica vem crescendo. Em 2010, 60 mil pessoas passaram por uma operação, contra 45 mil em 2009 e 38 mil em 2008, segundo dados da sociedade.

Com o aumento do número de cirurgias, cada vez mais operados acabam procurando serviços de emergência pelo país, fora dos grandes centros médicos, diz Cohen.

A SBCBM promove cursos mensais sobre as bases da cirurgia bariátrica por todo o país, para que médicos não especializados tenham noções básicas dos efeitos do procedimento sobre o organismo dos pacientes.

A carteirinha vai facilitar o atendimento dos operados. O documento traz o nome do paciente, do cirurgião, a data da operação e o tipo de técnica adotada: banda gástrica ajustável (que "estrangula" o estômago); gastrectomia vertical (redução do estômago); derivação biliopancreática (que faz um desvio do intestino delgado para reduzir a absorção de nutrientes) ou derivação gastrojejunal em Y de Roux (grampeamento do estômago).


CUIDADOS ESPECIAIS

Os operados precisam de cuidados especiais em caso de apendicite, endoscopia, obstrução do intestino, gravidez, cesariana, entre outros.

"Os médicos também devem ter alguns cuidados diferentes em relação à administração de remédios. Se o paciente que fez operação bariátrica tem uma pneumonia, deve tomar um tipo específico de antibiótico", explica o cirurgião.

A própria cirurgia também pode causar complicações a longo prazo e levar o paciente a procurar outros médicos, especialmente pela diminuição da absorção de nutrientes.

A falta de vitaminas B, D e cálcio pode causar problemas, como osteoporose, e requerer suplementação com uso de comprimidos.

A desnutrição também pode acontecer, mas é rara: atinge 1% dos pacientes. A carteirinha será distribuída aos pacientes pelos próprios cirurgiões

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1004465-paciente-que-fez-cirurgia-de-obesidade-tera-carteirinha.shtml
FOLHA DE SAO PAULO - 10/11/2011




achei a matéria no blog
http://borboletalegal2010.blogspot.com/2011/11/paciente-que-fez-cirurgia-de-obesidade.htm

Anestesía




Riscos da anestesia geral

Existe um mito de que a anestesia geral é um procedimento perigoso. Complicações exclusivas da anestesia geral são raras, principalmente em pacientes saudáveis. Na maioria dos casos as complicações são derivadas de doenças graves que o paciente já possuía, como doenças cardíacas, renais, hepáticas ou pulmonares em estágio avançado, ou ainda por complicações da própria cirurgia, como hemorragias ou lesão/falência de órgãos vitas.  De um modo geral, eles são muito raros. Com o uso de monitores, técnicas e medicamentos modernos a anestesia tornou-se um procedimento bastante seguro. É claro que estes riscos estão na dependência do tipo de cirurgia e das condições clínicas do paciente. 

Existe algum teste para saber se sou alérgico a anestesia?

Não. Não há como realizar algum tipo de teste para saber se você é alérgico a algum anestésico.Felizmente estas reações hoje em dia são raríssimas e todo e qualquer hospital ou clínica dispõem de meios para tratá-las.

O que vou sentir após a Anestesia?

Isto está na dependência do tipo de anestesia, da cirurgia e das condições clínicas do paciente. Com o advento de modernas técnicas e drogas , o despertar da anestesia normalmente se dá de forma gradual e sem grandes desconfortos. Os sintomas mais comuns neste período são náuseas, vômitos e dor. Medicamentos estarão prescritos para tratar estes e outros desconfortos. 




Meia compressiva

    Rua: Padre Damaso, 435 Centro
    Osasco - SP - CEP: 06016-010
    Tel: (11) 2087-1132 - Fax: (11) 3683-7933




    ME DERAM A DICA D PEGAR SEM PONTEIRA

    Receitinhas de sucos e sopinhas

    BLOG DO LIMÃO PARA LIMONADA




    http://limaoparaalimonada.blogspot.com/2011/06/primeira-sopa.html



    http://limaoparaalimonada.blogspot.com/2011/06/sucos-aprendendo-faze-los.html

    Cinta Modeladora




    http://www.elegancesante.com.b

    quarta-feira, 9 de novembro de 2011

    Hj acordei mais velha

    VIVA EU
    35 aninhos... aiii to ficando velhinha...rs
    Olha que blz, no de 36 anos...novo visual... hehehehe :D


    dizer quem eu sou
    eu não sei
    mas sei quem posso ser
    sei o que não quero ser
    sei do que você gostaria
    que eu fosse
    e me permito
    e abro os caminhos
    esperando que me defina
    salto desesperadamente
    para a esperança
    (Cáh Morandi)

    terça-feira, 8 de novembro de 2011

    Cardiologista

    LAUDO NA MÃO...hehehe...meu coraçãozinho está bem.

    segunda-feira, 7 de novembro de 2011

    De novo


    Mais um médico remarcando a consulta - CIRURGIÃO VASCULAR

    sábado, 5 de novembro de 2011

    Endoscopia




    Nossaaaaa... foi tão tranquilo, estava c medinho de passar mau ou doer, q nada, fiquei meu grogue não apaguei... dava p perceber o exame. Teve uma moça q fez antes d mi, e ela estava perguntando se ja tinha feito ou não, ela apagou não viu nada. Não fiquei sonolenta depois, até fui bater perna p procurar um vestido, pois serei madrinha de casamento do meu irmão.
    Ahhh não consegui fazer o meu exame de sangue, p começar tive q pagar o de selenio (R$ 140,00) pq o convênio não cobre (vai entender), paguei e fui fazer junto c a endoscopia, veio uma moça p colher na sala, isso no Delboni. E adivinha o sangue não desceu, fui picada 5 VEZES e nadaaaaa de sangue, no final acabou coagulando e deixamos p fazer semana q vem junto c o ultra som. Ela falou p eu colocar uma bolsa d água quente antes d sair d casa e levar p o laboratório, pois isso ajuda. Caso contrario terie q ir p o Hosp. p fazer esse exame, assim vão colher pela artéria (aiii q medo).
    Ai semana passada passei pela pneumologista e eu estava bem, no dia seguinte amanheci c tosse, (mudança de tempo me pegou) pior está aumentando, e eu marquei o exame de função pulmonar p terça, acho q vou desmarcar...

    segunda-feira, 31 de outubro de 2011

    Cardiologista e Pneumologista


    Hj foi tranquilo, o céu estava nublado não tomei CHUVA...rsrs...assim a caminhada fica mais fácil.
    Fiz um eletro e estava tudo normal, o Cardiologista pediu um ecocardiograma estando OK disse q me dá o laudo...hehe
    Na Pneumologista ela achou q eu não aparentava precisar da cirurgia (ti linda), até q perguntou o meu peso, aí teve q concordar rs, pediu exame de função pulmonar e um raio X, diz ela q não terei problema nunhum, q minha cirurgia seria sossegada e eu ia amar (adoro ouvir isso), saindo o resultado ela me dá o laudo...hehe d novo rs. Já marquei os dois exames p o dia 8. Amanhã marco o raio X.


    Butterfly Kisses

    quinta-feira, 27 de outubro de 2011

    Não é fácil não


    Gente do céu tudo cansa (rapidinho), tem certos passeios q topo fazer, mas não consigo curtir direito pq fico cansada e c dor. (quero sombra e água fresca...rs)
    Até p ir no médico é complicado (qdo a consulta é em Osasco), tem uma LADEIRA aqui p sair do meu cond. q não é mole não, só de olhar já cansa...rsrs, até o ponto de ônibus são 20 min de caminhada, o q não seria tão ruim se não tivesse essa bendita ladeira p atrapalhar minha vida. Quando chego lá em cima já estou sem fôlego, derretendo, morrendo de cede, com dor nas pernas no joelho no tornezelo, dor nas costas, dor na cabeça por causa do Sol e a bochecha fica rosa choque rs. Normalmente saio depois do almoço, minha filha estuda a tarde então estou livre nesse horário, o duro é o Sol de rachar q é esse horário, e nessa época acabo voltando p casa debaixo de chuva. Vou c a cara e a coragem como sempre, qdo tenho consulta em SP meu marido me leva, masss não é sempre então qdo é aqui na cidade vou sozinha... afinal d contas alguem tem q trabalhar nessa casa...rs ele é um amor, carinhoso e atendioso (Maridão).
    Agora difíl é escutar os outros falarem vc é MOLE, reclama por pouca coisa, CACILDA fui não fui, quase morrendo mas fui, p eles q tem 53 kg a menos é fácil mesmo, p mim tbm era, agora a situação é outra, mais pesada rs. (vou sugerir q façam caminhada c 10 sacos de arroz) quero só ver se vão dizer q é Fácil.

    terça-feira, 25 de outubro de 2011

    NOVA AGENDA


    25/10 03:30 dentista * estava precisando rsrs
    31/10 03:00 pneumologista Dr Angela Cor & Ar
    31/10 02:30 cardiologista Dr Clovis Cor & Ar, eletrocardiograma
    05/11 08:30 endoscopia Delboni - (deu gastrite crônica) tratando antes da cirurgia, 20 dias de medicamento
    08/11 13:00 ecocardiograma
    08/11 14:00 cardiologista /laudo na mão
    08/11 14:20 função pulmonar
    11/11 18:30 nutricionista Karine Ganep e exame bioimpedancia /laudo na mão
    19/11 09:10 hemograma Delboni - (colesterol muito alto)
    19/11 10:00 raio x Hosp Sino Brasileiro
    23/11 15:00 psicóloga - Elaine
    28/11 15:15 pneumologista /laudo na mão
    30/11 15:00 psicóloga - Elaine
    02/12 16:25 ginecologista * estava atrasada, aproveitei p marcar
    06/12 15:30 psicóloga
    08/12 09:10 ultrasom delboni - (esteatose leve)
    13/12 15:30 psicóloga
    15/12 15:30 ginecologista retorno *
    20/12 15:30 endocrino/ laudo na mão Dr Regina Hosp Edmundo Vasconcelos
    21/12 08:45 cirurgião vascular  Dr Yeh Hosp Sino Brasileiro
    22/12 10:30 psicóloga/ laudo na mão
    26/12 00:00 doppler venoso
    04/01 00:00 cir vascular/laudo na mão
    10/01 17:00 Dr Cinara - progastro
    12/01 13:20 colposcopia delboni - novamente
    24/01 14:15 ginecologista

    03/02/12  15:00 CIRURGIA


    * aproveitar e passar no dentista e ginecologista

    AINDA BEM Q MARQUEI GINECOLOGISTA, ESTAVA C UM INFLAMAÇÃO ALTA, TEREI Q TRATAR ANTES DA CIRURGIA - correr contra o tempo agora


    COR & AR - OSASCO -CARDIOLOGISTA DRº CLOVIS E PENUMOLOGISTA DRª ANGELA - 3653-2820 http://corear.com.br/

    ENDÓCRINOLOGISTA NO HOSP.EDMUNDO VASCONCELOS- DRª REGINA 5080-4200 http://www.hospitaledmundovasconcelos.com.br/conteudo/home/default.aspx

    PSICÓLOGA ELAINE  3681-8579 - OSASCO

    CIRURGIÃO VASCULAR DRª YEH - NO HOSP MATERNIDA DE SINO BRASILEIRO 3652-8000 http://www.hospitaledmundovasconcelos.com.br/conteudo/home/default.aspx

    NUTRICIONISTA DRª GABRIELE E DRª KARINE 3288-8367 AV. PAULISTA http://www.ganep.com.br/index-3-consulta.php

    EXAMES DELBONI AURIEMO OSASCO - 3049-6999 http://www.delboniauriemo.com.br/

    HOSP BENEFICENCIA PORTUGUESA http://www.bpsp.org.br/  3505-1000


    GASTRO DRª CINARA - CLINICA PROGASTRO 3251-2001 /3251-3822

    Parece piada


    AFF... Acabei de receber duas ligações (em seguida...rs) desmacando consultas, o Pneumologista dessa quinta e a Psicólogo na segunda.
    TÁ DE ROSCA

    segunda-feira, 24 de outubro de 2011

    PUTZ GRILO - Assim fica difícil



    . No endócrino q passei, ele disse q não indica cirurgia aos pacientes dele.
    . Segunda-feira passada tinha consulta c a psicóloga, por causa do horário de verão todo mundo em casa perdeu a hora.
    . Sexta-feira tinha nutricionista, mas esqueci q meu marido ia pescar, tive q marcar p outro dia pq eu nem sei onde fica aquilo e era ele q ia me levar.
    . Hoje fui ao Delboni p fazer o ultra som, e advinhem... estava sem sistema.


    TA LOKO VIU já estou desanimando.
    Caramba será q isso é um sinal ?!
    Acho q até p isso sou meio loira.


    Oh meu Deus me dá uma luz.

    sexta-feira, 21 de outubro de 2011

    Endócrinologista


    Acho que arrumei uma solução para esse problema, a prima do maridão disse que me dá o laudo...hehehe... vou passar por uma consulta c ela, nunca tratei c ela, mas não é de hoje q ela me conhece, levo meus exames p ela e vejo se preciso fazer mais algum p ela me dar o laudo. Ela disse q o Hosp Beneficência Portuguesa é um dos melhores.
    Dra Adriane ai vou eu.


    ENCONTREI NO FACE VIDEOS BEM LEGAIS http://www.youtube.com/user/avidasaudavel



    quarta-feira, 19 de outubro de 2011

    Boca Fechada (não entra mosca...rs)




    Eu tenho ouvido alguns comentários ultimamente que tem me deixado PASMA!
    Como tem gente que não sabe nada sobre gastroplastia e obesidade. Ao escutar os absurdos meu cérebro cria uma resposta automática, mas meu desconfiômetro é acionado e então eu dou a resposta educadinha de sorriso amarelo.


    Pergunta: Vai fazer cirurgia bariátrica...você é louca?
    Resposta Automática: Não, eu estava louca por ter engordado a esse ponto, agora estou sã, minha filha.
    Resposta Educadinha: Não é bem assim, tem todo um preparo, cuidado e acompanhamento, eu estou ciente dos riscos e privações mas sei que vai dar tudo certo.




    Pergunta: Nossa!Mas isso não é perigosíssimo?
    Resposta Automática: Perigoso é ser obeso mórbido.
    Resposta Educadinha: Não é não, a medicina e as técnicas da cirurgia evoluíram muito.




    Pergunta: Ah...mas eu gosto de você assim gordinha.
    Resposta Automática: Ah você gosta? Tente carregar 70Kg de banha extra no seu corpo pra você ver se gosta!
    Resposta Educadinha: Hehe obrigada, mas saúde em primeiro lugar né?




    Pergunta: Você sabe que nunca mais vai poder comer né?
    Resposta Automática: Meu bem, eu não vou morrer, vou reduzir o estômago. E eu já comi exageradamente a vida inteira mesmo.
    Resposta Educadinha: Não é assim, com o tempo tudo se normaliza. É uma privação programada.




    Pergunta: Mas porque você vai fazer isso? Não dá pra tentar fazer regime mais uma vez? Você já conseguiu emagrecer antes não foi?
    Resposta automática: Eu só tento isso a 10 anos, e olha como funcionou!
    Resposta Educadinha: Ah, não dá mais, eu já tentei mil vezes, mil dietas diferentes acredito que a cirurgia é a melhor solução para mim.




    Pergunta: Fulano fez e engordou tudo de novo, você tem certeza que quer arriscar a sua vida?
    Resposta automática: Obrigada por me ver como uma fracassada antes mesmo de eu tentar. Se fulano não tem disciplina e controle isso significa que eu não vou ter? Ah esqueci...gordo é tudo a mesma M%$#@ né?
    Resposta Educadinha: É, realmente tem gente que não leva a sério e acaba ganhando o peso. Mas eu estou decida, se vou passar por uma cirurgia me "mutilar" é porque realmente eu estou determinada.


    TROUXE DO BLOG DA FERNANDA
    http://sosgastroplastia.blogspot.com/

    Adorei o texto




    SER GASTROPLASTIZADO É...

    Ter a chance de um novo recomeço.
    Ver o sonho de anos se realizar.
    Se arrepender por não ter feito a cirurgia muito antes.
    Aprender a cada dia a lidar com novas limitações.
    Não pensar sempre em comer, mas, o que comer e como comer.
    Saber priorizar os alimentos que vão lhe fazer bem.
    Ter que fazer a sua parte a cada dia.
    É saber entender o que acontecerá no seu corpo e estar disposta a enfrentar todas as mudanças.
    Ficar feliz a cada roupa perdida.
    Correr louca à procura de uma balança, quando na verdade passou a vida toda fugindo dela.
    Pensar que valeu a pena contar nos dedos o tão esperado dia da cirurgia.
    Morrer de medo que alguma coisa dê errado.
    Relembrar do nervosismo que foi caminhar pelos corredores do hospital em direção ao bloco cirúrgico.
    Sonhar com roupas descoladas a todo instante.
    Falar de redução de estômago até cansar e cansar.
    Se emocionar de verdade ao ver fotos antigas.
    Conhecer várias outras pessoas gastroplastizadas no orkut e ficar trocando figurinhas.
    Querer ver todas as fotos de pessoas que já fizeram redução e imaginar quando seu álbum estiver prontinho.
    Usar roupas coloridas e abandonar as pretas.
    Comprar roupas que eu gosto, não o que me serve.
    Ter o maior orgulho em dizer que fiz redução de estômago.
    Ser gastroplastizada é maravilhoso! Uma sensação mágica, única, indescritível! Uma mistura de todos os sentimentos possíveis... Uma luta diária.
    Ter que ouvir comentários do tipo: já está magra demais; se não tiver cuidado volta a engordar tudo outra vez; com essa dieta até eu emagrecia.
    É saber que os olhares que antes eram de preconceito e piedade hoje são de admiração.
    É sentir saudades de todas as etapas vencidas e ter a certeza de que se fosse preciso faria tudo novamente.
    É celebrar as pequenas e grandes conquistas, enfrentar as privações e dificuldades e vibrar diante dos resultados.




    ROUBEI DA DANI
    http://danielleaaguia.blogspot.com/

    terça-feira, 11 de outubro de 2011

    Ai que raiva que dá



    Nova consulta com endócrino
    dia 20/12 as 17:45
    Dr Regina - Hosp Edmundo Vasconcelos

    respondendo: "Um pouco mais sobre mim" by Daniela Etc e Tal


    Uma Mania?
    Internet... já se tornou um vício


    Pecado capital?
    Gula e Preguiça

    Animal de estimação?
    cachorro...tenho um Yorkshire


    Tem piercing ou tatuagem?
    Tenho uma tatoo...borboleta no pescoço


    Toca no som do carro...
    Amo rock, mas morro de paixão por sertanejo universitário. Detesto samba e pagode


    Não saio de casa sem...
    Perfume e maquiagem


    Habilidade como dona de casa?
    Cozinhar


    O que não gosto de fazer em casa?
    detesto arrumar a casa e fazer faxina...xiii acho q nasci p ser madame...kkk


    O que me irrita?
    gente atrasada


    Frase ou palavra que fala muito?
    eita lele


    Palavrão mais usado?
    FDP e PQP


    Perfume que uso no momento?
    Jadore CHRISTIAN DIOR, Ange ou Demon GIVENCHY, Pink of Touch LACOSTE, Fantasi, Midnight e Circus BRITNEY SPEARS, Deep Red HUGO BOSS, Black Xs PACO RABANNE


    Elogio favorito?
    você tinha razão


    Talento oculto?
    decoração


    Não importa que seja moda, não usaria nem no meu enterro?
    muitooooo brilho


    Eu sou extremamente?
    Amiga, atenciosa, ansiosa


    Se você gostou responda esse questionário no seu blog!

    segunda-feira, 10 de outubro de 2011

    Endócrino


    Passei no endócrino hj, depois de duas horas e meia de atraso fui atendida, ele disse q primeiro trata os pacientes dele p depois indicar a cirurgia, mas disse q normalmente não indica, perdi o dia e nadaaa :( Estou achando q vou precisar pagar uma consulta particular... ninguem merece.
    PIOR... ELE ME PASSOU UMA DOSE CAVALAR DE ANFEPRAMONA, ISSO PQ ESSA SEMANA FOI PROIBIDO (MÉDICO MALUCO) OU ESTÁ QUERENDO ME DEIXAR LOUCA


    GRAÇAS AS MENINAS DO FACEBOOK, já tenho duas indicações, o jeito é marcar nova consulta.


    Valeu Dani Mariano e Cris Postigo




    Dra. Regina no Edmundo Vasconcelos
    Endometa - Osasco, Dr Horacio

    Entrevista - muito boa

    domingo, 9 de outubro de 2011

    Eu


    Não penso em fazer a cirurgia pelas pessoas, pelo q acham ou o q dizem, não é de hj que brigo c a balança, mas de 10 anos pra cá a coisa tem piorado, é claro q o preconceito das pessoas incomoda e o desgosto de entrar em uma loja... gostar d certas roupas mas saber q p vc aquela roupa nãooooo fica bem (e nem tem o n°)isso é terrível. Sempre achei q... se é bonito tem q mostrar mesmo, mas se está feio tem sim q esconder e disfarçar.
    Agora o q tem acabado comigo são as dores nos pés, joelho, costas, indisposição, preguiça, cansaço (sem explicação) q na verdade tem explicação simmm, pq cosar o saco o dia inteiro dormir bem (não sei se tenho apinéia) e acordar cansada no outro dia não é normal. Me canso a toa... por nada, me sinto uma vóvozinha c apenas 34 anos, desse jeito em 10 anos serei praticamente uma velhinha coróca...rsrs. Fora o colesterol e outros problemas de saúde q vem d brinde, minha pressão tinha normalizado c 15 kg a menos, hj nem sei, diabete já estava no limite, e a gordura no fígado q descobri a dois anos atras deve ter piorado.
    Tenho medo dá cirurgia, dos riscos q ela tem. Não do periodo de adaptação e restrição q irei enfrentar, esse medo é o mesmo de qualquer pessoa q vai entrar na faca.
    Mas confesso q tenho receio d emagrecer demais, afinal de contas nunca usei uma calça 38, era sempre 40 42, se eu chegar ao nº 44 46 já estaria Super Mega Feliz.
    Pensativa Eu... só um pouquinho (bastantão...rs).

    quinta-feira, 6 de outubro de 2011

    AGENDA CHEIA


    10/10 15:15 Endócrino

    11/11 18:30 Nutricionista

    24/10 08:45 Ultra som

    26/10 09:30 Cirurgião Vascular

    27/10 13:40 Pneumologista

    31/10 14:30 Cardiologista

    05/11 09:00 Endoscopia/ Hemograma

    01/11 07:00 Psicólogo

    20/12 17:45 NOVA CONSULTA endócrino

    08/02 08:40 gastro Ligia


    Já aproveitei a festa e marquei Ginecologista 00/11 00:00 e Dentista 25/10 15:30
    Dermatologista p filhota e maridão
    oftalmo p Saah e neuro
    Alergista tbm

    Alimentação após a Cirurgia






    Alimentação após a Cirurgia

    Os primeiros dias de alimentação pós cirúrgica são específicos e devem ser seguidos para evitar algumas complicação.
    As modificações ocorrem por fases: liquida, pastosa, purê, mole e consistência normal, mas deverá seguir de acordo com cada paciente.

    Fase 1. Alimentação líquida restrita (7 dias)
    Os alimentos estão na forma líquida (caldos), constituída de pequenos volumes, cerca de 100 a 150 ml, fracionados em 6 a 8 vezes ao dia, respeitando um intervalo de 2 horas entre as refeições. Os alimentos deverão ser tomados lentamente, demorando cerca de 40 minutos para ser ingerido.
    A atenção especial nessa fase é a forma de ingestão dos alimentos, volume alimentar ingerido, fracionamento e preparo dos alimentos.
    Essa fase é constituída de água, chá ervas, gelatina diet, sucos naturais coados, caldos, sopas liquidificadas, leite desnatado, vitaminas ralas, iogurte dietético sem pedaços.
    Recomendações: Atenção na forma de ingestão dos alimentos – principalmente VELOCIDADE - e na hidratação, através da coloração da urina (urina escura pode ser sinal inicial da desidratação), sede e língua e boca secas.

    Fase 2. Dieta Pastosa:
    Esta fase caracteriza-se por consistência de sopa cremosa/pastosa.
    Os alimentos da sopa deverão ser liquidificados e coados em peneiras fina e grossa, de acordo com orientação nutricional.
    Nesta fase a quantidade a ser ingerida é a mesma da primeira semana, de 100 a 150 ml, de acordo com a tolerância do paciente.
    Duração: 15 dias

    Fase 3. Dieta de purê:
    Inicia-se no final do primeiro mês de cirurgia e tem duração de 1 semana.
    É uma sopa totalmente liquidificada e coada, onde ainda não existem pedaços de alimentos.
    Essa fase é constituída de purês, pastas ou cremes, suflê, caldo de feijão, carne triturada ou moída, legumes ralados e sem casca.
    Recomendações: Atenção na MASTIGAÇÃO, velocidade da ingestão dos alimentos e consistência.

    Fase 4. Otimização da dieta, dieta branda.
    Inicia por volta do 30º dia após a cirurgia. Os alimentos já estão próximos à consistência normal, mantendo-se a restrição à alimentos crus e com fibras.
    Essa fase é constituída de alimentos na consistência normal, com tempo de cozimento aumentado, não se incluindo frituras.
    Recomendações: Atenção quanto as escolhas dos alimentos ingeridos, optar por refeições nutritivas. Aplicar os conceitos da reeducação nutricional.
    Tempo de duração: 1 semana


    Fase 4. Adaptação final e independência alimentar:
    Inicia com 1 mês e meio de cirurgia e evolui de acordo com as características individuais podendo iniciar-se um pouco antes ou um pouco depois. Dieta deverá ser normal, mantendo apenas o controle de volume e balanceamento nutricional.
    As restrições alimentares serão em relação ao consumo de bagaços, sementes, cascas duras especialmente de verduras e legumes, alimentos como carnes duras, empanados e frituras.
    Em geral deve-se procurar manter:
    • Plano alimentar com seis refeições fracionadas ao dia, pequenos volumes e freqüentes.
    • Mastigar muito bem os alimentos, alimentando-se ambiente tranqüilo e sem pressa.
    • Ingerir líquidos somente entre as refeições, nunca durante, preferindo água ou água de coco.
    • Não consumir doces e refrigerante
    • Procurar equilibrar a dieta ao longo do dia.
    • Parar de comer assim que sentir-se satisfeito.
    • Praticar atividade física diária
    Retornar ao acompanhamento sempre que solicitado.

    PERGUNTAS FREQUENTES EM CIRURGIA BARIÁTRICA


    PERGUNTAS FREQUENTES EM CIRURGIA BARIÁTRICA

    Qual o peso ideal para operar?

    Não há peso ideal para operar. Existe uma continha simples que pode ser feita para determinar o IMC (índice de massa corpórea). É esse índice que determina quem deve ser operado. IMC é igual ao peso dividido pela altura ao quadrado, e quem tem IMC maior que 40, normalmente tem indicação formal de cirurgia. Por exemplo. Uma pessoa de 98kg e 1,56 de altura:

    IMC=98/(1,54 X 1,54), então o IMC é igual a 41,3

    Essa pessoa tem indicação de cirurgia.


    E se eu tiver IMC menor que 40, não posso operar?

    Normalmente as pessoas com IMC menor que 40 não têm indicação de cirurgia, a menos que seja entre 35 e 40 e a pessoa tenha outras doenças graves associadas. Nesse caso cada paciente será analisado individualmente.


    Como fica o estômago após a cirurgia?

    O volume total do estômago fica reduzido para cerca de 40ml (um pouco mais que um copinho de café), e a alimentação obviamente não pode ter volume muito maior que esse em cada refeição.

    O que vou comer depois da cirurgia?
    Nas primeiras semanas a alimentação é exclusivamente líquida. Normalmente os alimentos habituais podem voltar à mesa após algumas semanas. Toda a orientação necessária será fornecidas pela nutricionista antes e depois da cirurgia.

    Como vai ser minha vida depois de operado?
    É uma grande mudança. Mudam os hábitos, muda o corpo, mudam as roupas. O paciente pode voltar a fazer esportes, já que diminuem as dores articulares. Portadores de diabetes e hipertensão arterial são muito beneficiados, chegando, inclusive a ficar completamente sem medicações. O tratamento cirúrgico da obesidade é, atualmente, considerado a única maneira de cura completa da diabetes do adulto.

    Quanto tempo fico no hospital?
    O procedimento normal demanda cerca de 3 dias no hospital, dependendo da evolução de cada paciente.

    Qual o risco da cirurgia?
    É um risco seguramente menor do que não ser operado. Um obeso mórbido tem uma chance estimada de 10 a 15 vezes maior de morrer de doenças diversas (hipertensão, diabetes, derrames, infartos, etc) do que um paciente operado. A chance de morrer nessa cirurgia não chega a 1%. O risco de ter complicações como trombose, infecções e fístulas é um pouco maior.

    Porque são necessários nutricionista, psicólogo e endocrinologista no acompanhamento?
    Antes da cirurgia o paciente é avaliado e estudado em todos os seus aspectos: metabólico, cardiológico, nutricional e psicológico. Os profissionais que acompanham o paciente têm a função de manter sob controle as mudanças que ocorrer no corpo. Por exemplo: a nutricionista orienta a melhor dieta em cada período após a cirurgia; o endocrinologista facilita a adaptação do corpo aos novos níveis de hormônios, glicose, etc. A psicóloga ajuda o paciente a se entender com seu novo corpo e a se adequar às novas maneiras de se relacionar com as pessoas. Imagine que em um mês o paciente pode chegar a mais de 20Kgs de perda ponderal. É uma velocidade de perda de peso muito rápida e o impacto nas relações sociais, metabólicas e alimentares precisa ser gerenciado.

    Como funciona o grupo de apoio?
    Após a cirurgia o paciente será acompanhado por um grupo de apoio, não só de profissionais de saúde, mas também terá contato com outros pacientes operados. Compartilhar as opiniões e experiências sobre esse novo modo de ver e viver a vida faz crescer muito. Aumenta a auto-estima, e eventualmente ajuda a conviver com alguma complicação da cirurgia. Muitas vezes é muito mais fácil aprender sobre uma situação com quem já viveu, do que com um médico ou nutricionista. Eventualmente os pacientes devem comparecer a uma reunião do grupo, onde estarão membros da equipe multiprofissional e pacientes já operados e os que ainda aguardam a cirurgia.


    Eu vou ficar flácido após a cirurgia?

    Sem dúvida! Qualquer pessoa que perca em torno de 40% do peso inicial – que é o que se perde normalmente após a cirurgia - fica flácido, com a pele caída, principalmente no abdome, pernas e braços.


    Quando posso fazer plástica para corrigir isso?

    Em torno de 1 ano e meio ocorre a estabilização de peso, ou seja a pessoa para de emagrecer. É nessa época que se pode começar a pensar em cirurgi

    Amigas de grampo q me fazem companhia

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Translate

    TABELA XAN

    115 kg 03/02/2012 imc 42 manequim 52

    110 kg 08/02/2012

    105 kg 23/02/2012

    102 kg 02/03/2012 imc 37

    98 kg 19/03/2012 -17 kg em 45 dias

    95 kg 15/04/2012 manequim 48

    93 kg 02/05/2012 imc 34 obesidade grau I em 90 dias

    91 kg 10/05/2012

    91 kg 05/06/2012 platô sai de mim :(

    89 kg 09/06/2012

    87 kg 18/06/2012 imc 32

    85 kg 02/07/2012 -30 kg faltam 10 kg p minha meta

    84 kg 03/08/2012 (férias) - manequim 46

    82 kg 08/08/2012 imc 30

    81 kg 06/09/2012

    10/09/2012 A CASA CAIU, GANHEI 1 KG NO FERIADO

    13/09/2012 UFA JÁ PERDI ESSE QUILINHO

    81 kg 03/10/2012 0 kg :(

    80 kg 10/10/2012 - 35 kg

    80 kg 05/11/2012 imc 29 sobre peso

    79 kg 13/11/2012 dor de garganta

    78 kg 14/11/2012

    77 kg 30/12/2012

    76 kg 04/02/2013

    :( engordei 1 kg no Carnaval


    75 kg MINHA META

    73 kg META da gastro e 5 kg c a plástica = 68 kg


    1º mês 13 kg - 2º mês 4 kg - 3º mês 5kg - 4º mês 2 kg - 5º mês 6 kg - 6º mês 1 kg - 7º mês 3 kg - 8º mês 0 kg - 9º mês 1 kg - 10º mês 2 kg - 11º mês 1 kg - 12º mês 1 kg