LilySlim Weight loss tickers

76 kg falta apenas 1 kg
Q minhas asas alcancem meus sonhos

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Perguntas sobre bariátrica


01. Qualquer obeso pode se submeter à uma cirurgia bariátrica?
Não, somente aqueles com Obesidade Mórbida e IMC acima de 40. Para obesos com IMC acima de 35, cirurgias são indicadas, caso haja alguma comorbidade (diabetes, hipertensial arterial, etc).

02. O que são co-morbidades?
Co-morbidades são outros distúrbios associados a uma doença. No caso da Obesidade Mórbida, são consideradas co-morbidades a Diabetes, Pressão Alta, Problemas de Coluna ou Joelho, Esteatose Hepática (Gordura no Fígado), Apnéia do Sono ou aos Esforços Físicos, entre outros.


03. Como saber qual a cirurgia mais indicada para o meu caso?
O melhor é pesquisar bastante, conversar com outras pessoas já operadas e, principalmente, assistir uma Palestra para Não Operados, onde todos os procedimentos são explicados, as dúvidas esclarecidas e a Equipe Médica apresentada. A consulta com o cirurgião é fundamental, para que ele possa fazer uma avaliação completa e indicar o procedimento mais adequado.
Se você for de Campinas ou região, o grupo ICTO oferece essas palestra.

04. Quanto tempo dura a cirurgia e quantos dias preciso ficar no Hospital?
A cirurgia dura cerca de 2h30 em média. Mas pode variar de 1h à 5h, dependendo da dificuldade encontrada pelos cirurgiões. A internação para cirurgia aberta é normalmente de 3 dias, contados à partir do 1° dia após a cirurgia. Para videolaparoscopias, a alta poderá ocorrer em 2 dias.

05. Qual é a diferença entre a cirurgia “aberta” e a por “vídeo”?
O procedimento interno é o mesmo em ambos os casos. Na cirurgia aberta, o corte tem entre 08 e 18 cms, acima do umbigo. Por vídeo, são 6 pequenas incisões com cerca de 2 cms cada e a recuperação é mais rápida.

06. Após a cirurgia, preciso ficar na UTI?
Será necessária a permanência na UTI caso haja alguma complicação ou dificuldade respiratória durante a cirurgia. Caso contrário, o operado fica na sala de recuperação até despertar completamente. 

07. Além do cirurgião, preciso me consultar com outros médicos e fazer exames?
Com certeza. É bom estar preparado para uma verdadeira “maratona médica”. No meu caso, precisei de muitas consultas e muuuuitos exames. Se ver nas postagens antigas, dos pré operatórios da até pra cansar de tantas consultas e exames.

08. Você, Raquel Marini, fez a cirurgia por qual convênio? Teve algum gasto extra?
Fiz pela Unimed e meu plano cobriu todas as consultas, exames, internação e equipe médica. 
Só pago a parte a Nutricionista e a Psicologa

09. O que é Síndrome de Dumping?
A Síndrome de Dumping é uma resposta fisiológica devida à presença de grandes quantidades de alimentos sólidos ou líquidos na porção proximal do intestino delgado. A causa dessa síndrome é o rápido esvaziamento gástrico, que pode refletir em liberação inapropriada de hormônios intestinais, que propiciam os sintomas gastrointestinais, como plenitude e distensão gástrica, dor abdominal, diarréia, sudorese, taquicardia, dentre outros. Esses sintomas podem aparecer rapidamente, dentro de 10 a 30 minutos após a refeição (precoce), ou cerca de duas a três horas depois (tardio). O rápido esvaziamento gástrico leva a maior oferta de carboidratos ao intestino delgado proximal, pois a glicose (forma simples do carboidrato) é rapidamente absorvida. Eu tenho em alguns casos de ingestão de arroz e feijão, mas, como normalmente acontece com as pessoas quando ingerem doces em geral eu nunca tive.

10. Como fica o funcionamento do intestino após a cirurgia?
Durante a Dieta Líquida, meu intestino funcionava em média a cada 3 dias, pois não havia muita coisa para eliminar… Após me alimentar normalmente, o intestino passou a funcionar diariamente ou a cada 2 dias. Para mim, está bom assim, pois sempre tive tendência à intestino preso. 

11. Após a cirurgia, as fezes ficam com odor exagerado?
Na técnica que eu utilizei, "cirurgia mista"!, não. Em outras técnicas, que diminuem muito o tamanho do intestino delgado, isso pode ocorrer sim. Mas, seguindo a orientação nutricional e tomando os medicamentos adequados, é possível controlar esse odor exagerado.

12. Depois da Cirurgia é normal adquirir pedras na vesícula?
Não existe relação entre a Gastroplastia propriamente dita e o surgimento de pedras na vesícula. Essas pedras (ou cálculos) tendem a se formar em pessoas muito obesas ou após um emagrecimento muito rápido. Então, nós, que fomos obesos mórbidos e, após a cirurgia, emagrecemos rapidamente, temos uma grande propensão para desenvolver as pedras na vesícula.

13. Qual é a diferença entre Diet e Light?
Existe muita confusão entre produtos Diet e Light. DIET é um produto destinado a um fim especial, pois ele restringe totalmente o ingrediente ou nutriente destinado ao fim específico em sua fórmula. Os Diets foram elaborados principalmente para atender às pessoas com restrições nutricionais, como diabéticos, por exemplo.
O produto LIGTH é aquele que sofreu redução de, no mínimo, 25% em um de seus ingredientes, como gorduras, açúcares, colesterol, etc. Os Lights estão mais voltados para quem quer diminuir a ingestão de calorias ou o consumo de gordura.

14. Como evitar a queda de cabelos após a cirurgia?
É normal e esperado ter queda de cabelos à partir do 3º ou 4º mês, mas não é permamente. O rápido emagrecimento, independente da cirurgia, reflete queda de cabelo. Outro motivo, é que o nosso organismo tenta economizar e retira dos cabelos e unhas os nutrientes. A baixa ingestão de proteína animal pode acentuar essa queda.
É recomendada a ingestão diária de vitaminas, que entre outros componentes, deve conter Zinco e/ou Ômega 3. Existem também o Pill Food, um complexo de vitaminas e aminoácidos essenciais, que muitos Gastroplastizados estão utilizando, mas apenas o médico deve receitar esses suplementos.
Meu cabelo continua com quedas, porem, não exageradamente.

15. Problemas tardios com o anel de silicone.
Assunto muito comentado na internet atualmente. Sim, o anel pode ocasionar algum problema, como migrar para dentro do estômago, sendo necessária uma endoscopia para retirá-lo. Ou deslocar para o início do intestino, havendo ou não necessidade de reoperar para retirá-lo. O risco do anel causar problemas é de 1,5%, isso significa que para cada 200 pacientes operados, apenas 3 terão algum problema. O índice é muito baixo, para que não se coloque o anel, apenas por medo de ter problemas tardios. Quando ocorre algum problema com o anel, a pessoa é reoperada e novo anel é colocado, nesse caso, existe uma maior probabilidade do problema se repetir.


16. Quais os riscos da cirurgia da obesidade?
O risco de vida é o mesmo de qualquer cirurgia de grande porte (menor que 0,5%, isto é, aproximadamente, 1 morte a cada 200 cirurgias), mas existe e deve ser considerado. Por vezes a mortalidade é precedida de novas cirurgias, longos períodos em UTI (unidade de terapia intensiva), com sofrimento e pesar para todos.
Portanto a cirurgia para tratamento da obesidade mórbida, deve ser bem avaliada pelo paciente e familiares, que devem estar ciente do risco de mortalidade.
As principais causas de mortalidade são:
Deiscência, que é a abertura de um ponto nas anastomoses (emendas entre o estomago e alças intestinais, ou intestino com intestino), levando a saída de liquido para a cavidade abdominal, causando peritonite e septicemia (infecção generalizada). Isto pode levar o paciente a nova cirurgia, para reparar esta abertura, e mesmo assim causar a morte.
Embolia pulmonar (sangue nos pulmões) que é o “entupimento” de de uma ou várias artérias que irrigam o pulmão, e algumas vezes pode levar o paciente a morte por insuficiência respiratória.
Outras causas, bem menos comuns como: insuficiência respiratória, infarto, insuficiência renal, também podem levar o paciente a morte.
17. É importante o acompanhamento psicológico depois da cirurgia?
Resp: É muito importante sim, pois, seu psicológico é muito afetado com as mudanças causadas pela "cirurgia". Porem, também conheço pessoas que nunca foram e estão bem.


18. Precisa fazer caminhadas? E academia pode fazer?Resp: Nos 03 primeiros meses fiz firme minhas caminhadas. Depois de 90 dias liberou a academia, aí fiz 02 meses e neste momento não estou fazendo atividade física nenhuma (Só que ja levei uma "comida de rabo" da nutricionista)

19. É preciso tomar vitaminas para sempre?
Resp: Depende de cada pessoa. Não da pra saber. No meu caso por exemplo tudo vai depender de resultados periódicos de exames.
Como minha alimentação é em quantidade muito baixa, tenho que dosar muito bem para compensar todos os nutrientes e vitaminas que o corpo precisa. Aí a Nutricionista vai dosando também a necessidade ou não de vitaminas.

20. Pode-se comer de tudo?
Resp: Sim, pode-se comer tudo, com as devidas proporções. Durante a fase de emagrecimento, a dieta deve ser mais controlada. Na fase de manutenção de peso, tem alimentação balanceada. Aí vai  de cada pessoa seguir a risca ou não.

21. É possível engordar depois da cirurgia?
Resp: Sim, perfeitamente possível. A cirurgia não faz milagre, nem muda nosso metabolismo. Trata-se de uma poderosa ferramenta, que nos auxilia a emagrecer, pois não cabe muita comida de uma vez. Mas, se não houver controle alimentar, qualquer operado pode engordar após algum tempo. É impossível comer tudo desregradamente e permanecer magro. Aliás, essa é uma equação simples: para não engordar, é necessário gastar mais calorias do que as ingeridas.

22. O Paladar altera após a cirurgia?
Resp: O meu paladar mudou muito. Passei a gostar de coisas que eu não gostava antes. Como por exemplo folhas e legumes.

23. Depois de operada nunca mais vou sentir fome?
Resp: Eu sinto. Se eu passo do periodo de 4 horas sem comer, eu sinto fome, porém,a quantidade de alimento que vai me saciar é pequena.

24. Os operados perdem o prazer de comer?
Resp: Nem todos. Eu não perdí. Pelo contrario, sinto-me com muito prazer de comer o que eu gosto e me limitar com tão pouco.

25. Você teve medo de morrer na cirurgia ou de ter alguma compicação séria após a cirurgia?
Resp: Não, nunca tive medo de morrer na cirurgia. Aliás, a única coisa que se passava pela minha cabeça era ficar magra e linda, e mais nada.

26. Em algum momento você se arrependeu de ter operado?
Resp: Nunca, nem por 1 segundo. Porém, conheço pessoas que por alguns momentos no díficil começo pensaram em arrependimento.

27. Seu casamento mudou, depois que você emagreceu?
Resp: Meu casamento já era ótimo e melhorou sim. Como minha auto estima melhorou muito, meu marido começou a perceber e de certa forma, talvéz inconscientemente da parte dele passou a me valorizar mais também

28. Após operar não pode mais beber nada alcoólico? E refrigerante?
Resp: Pode sim, porém em pesquisar ja foram constatados que cerveja é um dos fatores que mais faz as pessoas voltarem a engordar. Então, quem gosta de bebidas alcoólicas, tem que saber dosar muito bem. 
Quanto ao refrigerante, eu recebí orientação da Nutricionista de ficar 03 meses sem, depois pode, mas devagar. O gas do refrigerante me causa indigestão, então só tomo muito de vez em quando pra matar a vontade.

29. Pode comer bebendo líquido?
Resp: Eu não costumo tomar liquido junto com as refeições porque se eu tomar meu estomago enche muito mais rápido, e como a quantidade de alimento que como é bem reduzida, se eu conseguir comer só metade não vou estar absorvendo o mínimo de nutrientes que o corpo precisa.


30. Existe mesmo a troca de compulsão?
Resp: Existe sim, em muitos casos, porém, não em todos os casos. A Psicologa sempre me orientou muito sobre isso. Eu tinha compulsão alimentar, porém, até agora não achei uma compulsão da qual eu fiz a troca. Acho que não fiquei com nenhuma. As trocas podem ser feita por inúmeros tipos de compulsão, como, por cerveja, jogos, compras, arrumação...


4 comentários:

  1. amei o questionario flor. boa noite e linda semana, vou copiar e colar aqui no pc adorooo esses tipos de questionarios nos ajuda muitooo sucesso a vc bjs bjs

    ResponderExcluir
  2. é ótimo ler tudo isso. Tirar todas essas dúvidas e se preparar mesmo pra cirurgia. bj

    ResponderExcluir

GASTROGATAS

Amigas de grampo q me fazem companhia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Translate

TABELA XAN

115 kg 03/02/2012 imc 42 manequim 52

110 kg 08/02/2012

105 kg 23/02/2012

102 kg 02/03/2012 imc 37

98 kg 19/03/2012 -17 kg em 45 dias

95 kg 15/04/2012 manequim 48

93 kg 02/05/2012 imc 34 obesidade grau I em 90 dias

91 kg 10/05/2012

91 kg 05/06/2012 platô sai de mim :(

89 kg 09/06/2012

87 kg 18/06/2012 imc 32

85 kg 02/07/2012 -30 kg faltam 10 kg p minha meta

84 kg 03/08/2012 (férias) - manequim 46

82 kg 08/08/2012 imc 30

81 kg 06/09/2012

10/09/2012 A CASA CAIU, GANHEI 1 KG NO FERIADO

13/09/2012 UFA JÁ PERDI ESSE QUILINHO

81 kg 03/10/2012 0 kg :(

80 kg 10/10/2012 - 35 kg

80 kg 05/11/2012 imc 29 sobre peso

79 kg 13/11/2012 dor de garganta

78 kg 14/11/2012

77 kg 30/12/2012

76 kg 04/02/2013

:( engordei 1 kg no Carnaval


75 kg MINHA META

73 kg META da gastro e 5 kg c a plástica = 68 kg


1º mês 13 kg - 2º mês 4 kg - 3º mês 5kg - 4º mês 2 kg - 5º mês 6 kg - 6º mês 1 kg - 7º mês 3 kg - 8º mês 0 kg - 9º mês 1 kg - 10º mês 2 kg - 11º mês 1 kg - 12º mês 1 kg