LilySlim Weight loss tickers

76 kg falta apenas 1 kg
Q minhas asas alcancem meus sonhos

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

PERGUNTAS FREQUENTES EM CIRURGIA BARIÁTRICA


PERGUNTAS FREQUENTES EM CIRURGIA BARIÁTRICA

Qual o peso ideal para operar?

Não há peso ideal para operar. Existe uma continha simples que pode ser feita para determinar o IMC (índice de massa corpórea). É esse índice que determina quem deve ser operado. IMC é igual ao peso dividido pela altura ao quadrado, e quem tem IMC maior que 40, normalmente tem indicação formal de cirurgia. Por exemplo. Uma pessoa de 98kg e 1,56 de altura:

IMC=98/(1,54 X 1,54), então o IMC é igual a 41,3

Essa pessoa tem indicação de cirurgia.


E se eu tiver IMC menor que 40, não posso operar?

Normalmente as pessoas com IMC menor que 40 não têm indicação de cirurgia, a menos que seja entre 35 e 40 e a pessoa tenha outras doenças graves associadas. Nesse caso cada paciente será analisado individualmente.


Como fica o estômago após a cirurgia?

O volume total do estômago fica reduzido para cerca de 40ml (um pouco mais que um copinho de café), e a alimentação obviamente não pode ter volume muito maior que esse em cada refeição.

O que vou comer depois da cirurgia?
Nas primeiras semanas a alimentação é exclusivamente líquida. Normalmente os alimentos habituais podem voltar à mesa após algumas semanas. Toda a orientação necessária será fornecidas pela nutricionista antes e depois da cirurgia.

Como vai ser minha vida depois de operado?
É uma grande mudança. Mudam os hábitos, muda o corpo, mudam as roupas. O paciente pode voltar a fazer esportes, já que diminuem as dores articulares. Portadores de diabetes e hipertensão arterial são muito beneficiados, chegando, inclusive a ficar completamente sem medicações. O tratamento cirúrgico da obesidade é, atualmente, considerado a única maneira de cura completa da diabetes do adulto.

Quanto tempo fico no hospital?
O procedimento normal demanda cerca de 3 dias no hospital, dependendo da evolução de cada paciente.

Qual o risco da cirurgia?
É um risco seguramente menor do que não ser operado. Um obeso mórbido tem uma chance estimada de 10 a 15 vezes maior de morrer de doenças diversas (hipertensão, diabetes, derrames, infartos, etc) do que um paciente operado. A chance de morrer nessa cirurgia não chega a 1%. O risco de ter complicações como trombose, infecções e fístulas é um pouco maior.

Porque são necessários nutricionista, psicólogo e endocrinologista no acompanhamento?
Antes da cirurgia o paciente é avaliado e estudado em todos os seus aspectos: metabólico, cardiológico, nutricional e psicológico. Os profissionais que acompanham o paciente têm a função de manter sob controle as mudanças que ocorrer no corpo. Por exemplo: a nutricionista orienta a melhor dieta em cada período após a cirurgia; o endocrinologista facilita a adaptação do corpo aos novos níveis de hormônios, glicose, etc. A psicóloga ajuda o paciente a se entender com seu novo corpo e a se adequar às novas maneiras de se relacionar com as pessoas. Imagine que em um mês o paciente pode chegar a mais de 20Kgs de perda ponderal. É uma velocidade de perda de peso muito rápida e o impacto nas relações sociais, metabólicas e alimentares precisa ser gerenciado.

Como funciona o grupo de apoio?
Após a cirurgia o paciente será acompanhado por um grupo de apoio, não só de profissionais de saúde, mas também terá contato com outros pacientes operados. Compartilhar as opiniões e experiências sobre esse novo modo de ver e viver a vida faz crescer muito. Aumenta a auto-estima, e eventualmente ajuda a conviver com alguma complicação da cirurgia. Muitas vezes é muito mais fácil aprender sobre uma situação com quem já viveu, do que com um médico ou nutricionista. Eventualmente os pacientes devem comparecer a uma reunião do grupo, onde estarão membros da equipe multiprofissional e pacientes já operados e os que ainda aguardam a cirurgia.


Eu vou ficar flácido após a cirurgia?

Sem dúvida! Qualquer pessoa que perca em torno de 40% do peso inicial – que é o que se perde normalmente após a cirurgia - fica flácido, com a pele caída, principalmente no abdome, pernas e braços.


Quando posso fazer plástica para corrigir isso?

Em torno de 1 ano e meio ocorre a estabilização de peso, ou seja a pessoa para de emagrecer. É nessa época que se pode começar a pensar em cirurgi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GASTROGATAS

Amigas de grampo q me fazem companhia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Translate

TABELA XAN

115 kg 03/02/2012 imc 42 manequim 52

110 kg 08/02/2012

105 kg 23/02/2012

102 kg 02/03/2012 imc 37

98 kg 19/03/2012 -17 kg em 45 dias

95 kg 15/04/2012 manequim 48

93 kg 02/05/2012 imc 34 obesidade grau I em 90 dias

91 kg 10/05/2012

91 kg 05/06/2012 platô sai de mim :(

89 kg 09/06/2012

87 kg 18/06/2012 imc 32

85 kg 02/07/2012 -30 kg faltam 10 kg p minha meta

84 kg 03/08/2012 (férias) - manequim 46

82 kg 08/08/2012 imc 30

81 kg 06/09/2012

10/09/2012 A CASA CAIU, GANHEI 1 KG NO FERIADO

13/09/2012 UFA JÁ PERDI ESSE QUILINHO

81 kg 03/10/2012 0 kg :(

80 kg 10/10/2012 - 35 kg

80 kg 05/11/2012 imc 29 sobre peso

79 kg 13/11/2012 dor de garganta

78 kg 14/11/2012

77 kg 30/12/2012

76 kg 04/02/2013

:( engordei 1 kg no Carnaval


75 kg MINHA META

73 kg META da gastro e 5 kg c a plástica = 68 kg


1º mês 13 kg - 2º mês 4 kg - 3º mês 5kg - 4º mês 2 kg - 5º mês 6 kg - 6º mês 1 kg - 7º mês 3 kg - 8º mês 0 kg - 9º mês 1 kg - 10º mês 2 kg - 11º mês 1 kg - 12º mês 1 kg